Dicas úteis sobre impressões de belas artes de edição limitada

Uma das compras mais populares dos compradores de arte são impressões de belas artes de edição limitada. Essas impressões de alta qualidade fornecem o brilho artístico do trabalho original por uma fração do custo. As técnicas modernas de impressão usadas hoje produzem reproduções notáveis ​​da arte original.

Você pode se perguntar qual é a diferença entre obras de arte originais e impressões de edição limitada. A obra de arte original é um trabalho produzido diretamente pelo artista, em vez de ser uma reprodução. O que significa “edição limitada”? Isso significa que o artista ou editor se comprometeu a produzir apenas um número limitado de impressões.

Existem três técnicas principais de impressão usadas:

1. Litografia – A litografia é um processo de impressão que utiliza um processo químico para criar uma imagem. A litografia do século XXI pode produzir grandes volumes de livros, cartazes, mapas e embalagens.

2. Serigrafia – A serigrafia, também conhecida como serigrafia ou serigrafia, produz uma impressão usando um processo de serigrafia onde a tinta colorida é forçada através de uma tela. Esta técnica de gravura cria uma imagem de bordas nítidas usando um estêncil.

3. Giclee – usando impressão jato de tinta de alta tecnologia produz Giclees, com 6 cores de tinta. Giclees são produzidos a partir de imagens digitais para que não necessitem de negativos. Este processo oferece precisão de cor superior com as primeiras impressões giclee surgindo no início dos anos 90.

Uma técnica especial de impressão de alta qualidade usada é chamada serilith. A Serilith fornece impressões de arte originais de mídia mista criadas por um artista usando o processo de serigrafia e litografia. Esta técnica é encontrada principalmente na criação de impressões de belas artes de edição limitada.

Depois de comprar sua impressão fine art de edição limitada, o próximo passo é cuidar dela corretamente. A luz, a temperatura e o ambiente geral desempenham um papel importante na longevidade da sua impressão. A primeira coisa a fazer é ter a impressão devidamente enquadrada. Sem o enquadramento adequado, sua impressão pode ser danificada pela luz ultravioleta, umidade, poeira e pela acidez dos materiais de enquadramento.

Esses inimigos que podem danificar sua impressão:

· Luz – a luz UV pode desbotar, descolorir ou deteriorar as impressões artísticas. O papel é feito de fibra vegetal, portanto, a alta exposição à luz causa oxidação que resulta na alteração da aparência do papel. A alta exposição à luz também pode levar ao desbotamento da cor e à fraqueza da fibra. O vidro comum filtra menos de 50% da luz prejudicial, enquanto o vidro UV e o acrílico filtram mais de 95% da luz.

· Umidade – A umidade pode destruir a arte, seja em uma moldura de vidro ou não. Impressões de arte de edição limitada armazenadas em locais úmidos e úmidos podem atrair não apenas manchas de água, mas também esporos de mofo e cupins. Não armazene obras de arte em sacos plásticos, pois eles podem reter a umidade.

· Acidez – Sempre que as impressões entram em contato com a polpa de papel ácida (manta ácida ou suporte de papelão), elas ficam suscetíveis a danos. A transferência de ácido para a impressão causará manchas. A melhor maneira de combater esse problema é usar papel ou materiais de qualidade de arquivo 100% livres de ácido.

Finalmente, se você não for exibir sua impressão de arte de edição limitada, guarde-a com cuidado. Se possível, armazene sua arte em um espaço climatizado para evitar danos. Não guarde obras de arte em seu porão, sótão ou garagem, pois as temperaturas extremas e a umidade podem causar danos sérios e irreparáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.